45 Curiosidades sobre American Horror Story

maxresdefault (1)

OB-KL423_ryanmu_DV_20101014024556

  1. American Horror Story foi criada por Ryan Murphy que tem uma quedinha pelo terror.

 

06680810013871062036346-sarah-paulson-on-how-she-will-be-celebrating-her-emmy-nominationEvanfrances-conroy-1

  1. Sarah Paulson, Evan Peters e Frances Conroy são os únicos atores que participaram de todas as temporadas até agora.

 

Jessica-Lange

  1. Jessica Lange não participou apenas da 5° temporada (American Horror Story Hotel) passando seu posto para Lady Gaga.

 

murderhouse

  1. Murder House que na verdade se chama Rosenheim Mansion, já apareceu em séries como “Arquivo-X”, “Dexter”, “Buffy” e “The Twilight Zone, mas só ficou mais famosa quando foi a principal locação da primeira temporada de AHS. Hoje vendida por cerca de 17 milhões de dólares, ela possui moradores nada fantasmagóricos.

 

NEW YORK, NY - JUNE 08: Neil Patrick Harris and David Burtka attend American Theatre Wing's 68th Annual Tony Awards at Radio City Music Hall on June 8, 2014 in New York City. (Photo by Walter McBride/Getty Images)Chad e Patrick

5. Na ideia original os atores Neil Patrick Harris e David Burtka iam interpretar o casal Chad e Patrick de Murder House, mas o papel acabou sendo interpretado por Teddy Sears e Zachary Quinto.

     Naomi_GrossmanPepper1280

  1. Naomi Grossman ficava 3 horas na maquiagem para incorporar a Pepper. Belo trabalho, não?

 

ChloeAsylumCast570x428american-horror-story

  1. Para fazer as cenas de Shelley, Chloe Sevigny teve que se locomover em uma cadeira de rodas, como a Shelley não tinha mais as pernas Chloe teve que usar próteses bizarras que tornavam o ato de andar impossível.

 

maxresdefault08379657397399357702

  1. Kit e Alma Walker foram inspirados num casal (Barney e Betty Hill) da vida real que alegam terem sido abduzidos nos anos 60, eles acabaram escrevendo um livro sobre o acontecido.

 

RobicheauxAcademy.0

  1. Miss Robicheaux’s Academy em Nova Orleans é na verdade conhecida como Buckner Mansion e já foi uma escola. Hoje é uma propriedade privada, porém você pode alugar o local por um dia, custa somente $5000 o aluguel diário. Vale a pena, não?

 

SpaldingMadson

  1. Em “Cover” rolou uma cena de sexo entre Spalding e Madison, mas resolveram cortar. Na cena, a personagem confrontava Spalding e questionava a razão de porque ele a manteve como boneca. A “discussão” terminou com os dois dormindo juntos no quarto do mordomo, cheio de bonecas medonhas. A cena foi cortada do sétimo episódio de Coven.

 

americanhorrorstory4x6

  1. As gravações das cenas com as gêmeas siamesas Bette e Dot demoravam aproximadamente 16 horas para gravar.

 

c90096bd-8c20-4ce0-a326-515f76466f72130221200919-cecil-hotel-front-exterior-story-top

  1. O tenebroso Hotel Cortez foi inspirado em um hotel real de Los Angeles o Cecil Hotel, onde ocorreu a morte até hoje não resolvida da canadense Elisa Lam, que foi encontrada morta dentro de uma caixa d’água do hotel.

 

tumblr_nykvxyvoEn1u9x41do1_500holmes2

  1. James March, o personagem de retorno de Evan Peters à AHS é o arquiteto dono do Hotel Cortez, que será visto em flashbacks para a década de 1930, onde construiu o design do hotel para satisfazer seus próprios desejos assassinos. Também inspirado em fatos reais; no séc. XIX em Chicago um hotel foi construído por seu dono psicopata H.H. Holmes para que ele pudesse matar seus hóspedes, ele ficou conhecido como “The Murder Castle” um dos primeiros serial killers dos EUA. Holmes inaugurou vários hotéis a partir de 1893, neles, ele construía quartos secretos, alguns a prova de som e depósitos para as suas vítimas, acusado de matar 27 pessoas, apenas nove foram verificadas, porém, o número de suspeitas passa de 200.

.

tate

  1. Em um episódio, é revelado que Tate (Evan Peters) provocou um tiroteio no seu antigo colégio em 1994, como uma forma de retaliação contra os colegas que zombavam dele. O caso é inspirado em diversos tiroteios em escolas que já ocorreram nos EUA. Tate pergunta a uma garota se ela acredita em Deus antes de matá-la, exatamente como aconteceu, segundo relatos, no Massacre de Columbine em 1999. A dupla real do caso se matou após os assassinatos assim como Tate induziu a própria morte.

 

meep

  1. Na vida real, Ben Woolf o personagem de Tadeus Montgomery (o falecido filho de Charles e Nora Montgomery) da 1° temporada e de “Meep” da 4° temporada era um professor da pré-escola. Ele faleceu em 2015 em um acidente.

 

ma petite

    16. Jyoti Amge a personagem de “Ma Petite” está registrada no              Guinness World Records como a atual menor mulher do mundo e é tratada como uma divindade na Índia.

 

freaks

  1. “Freak Show” foi baseado no filme norte-americano de terror “Freaks” produzido em 1932.

 

Lobster_Boy_3081534c

  1. O personagem “Jimmy Darling” de Evan Peters foi inspirado em Fred Wilson que nasceu em 1966 no Estado de Massachusetts nos Estados Unidos, com uma deficiência chamada ECTRODACTILIA, uma doença que faz com que pés e mãos cresçam sem o dedo do meio fazendo com que tenham aparência de pinças da lagosta. A ectrodactilia de Jimmy Darling lhe garantia o apelido de “Menino lagosta”, assim como ocorreu a um artista real de circos dos horrores: Grady Stiles. Assim como o personagem de Evan Peters em “Freak Show”, Stiles é parte de uma longa árvore genealógica de pessoas com ectrodactilia. Da mesma forma, ambos desenvolveram alcoolismo e tendência a violência. Stiles era conhecido por bater em sua família e por ter matado o noivo de sua filha. Ao contrário de Jimmy, que alcançou uma forma de redenção e um final feliz. O verdadeiro Menino Lagosta teve um final trágico; cansados de abusos físicos, sua esposa e seu enteado contrataram um homem para matá-lo.

 

millie e critinedownload

  1. Millie e Christine nasceram em meados do séc. XIX na Carolina do Norte nos Estados Unidos, e eram filhas de escravos e em troca de apenas $1.000,00 elas foram entregues à um diretor de circo e mais tarde sequestradas por médicos que faziam exibições em shows. Além da aparência as personagens “Bette e Dot Tattler” interpretadas por Sarah Paulson herdaram das siamesas o talento para a música o que as tornaram conhecidas como o rouxinol de duas cabeças.

 

ahs_karsilastirma

  1. Pepper foi baseada nas gêmeas Pip e Flip, que nasceram com microcefalia que é a má formação do cérebro. Elas participaram do filme que citamos logo acima o “Freaks” que apresentava diversas pessoas com condições físicas diferentes.

 

meep e mimie

  1. Minnie Woolsey, que inspirou na criação do garoto Meep da 4° temporada de AHS, ela nasceu com uma doença chamada “SINDROME DE SECKEL”, que a deixou careca e praticamente cega, além disso, sua condição acabou afetando sua saúde mental. Enviada à um Asilo, Minnie só conseguiu ser liberada com a ajuda de um dono de circo que a levou como uma de suas atrações.

 

paul

  1. O ator inglês Mat Fraser que na série da vida à Paul, nasceu com uma doença chamada “FOCOMELIA”, resultado de uma grande quantidade de talidomida, comprimidos com efeitos sedativo ingeridos por sua mãe durante a gravidez. A medicação impede a formação dos membros os deixando mais curtos, com aparência de uma foca.

garota do skate     23. Conhecida como a “garota do skate” Suzi é vivida por Rose     Siggins que também nasceu com focomelia, porém ao contrário de Fraser ela teve a má formação das pernas; parecida com o caso de Eli Bowen, um homem nascido em Ohio nos Estados Unidos, e que inspirou a entrada da personagem na série, Bowen fazia acrobacias impressionantes mesmo não tendo as pernas e viveu até os 79 anos.

 

vlcsnap-2014-11-25-01h21m45s129-640x360      24. A nova Suprema foi revelada na abertura da série. O nome de Sarah Paulson na abertura aparece junto de uma imagem de Santa Muerte, conhecida como Senhora dos Sete Poderes (a suprema deve ser capaz de dominar as Sete Maravilhas). Basicamente, a resposta de quem era a nova Suprema foi entregada sorrateiramente para todos. Porém antes do último episódio de Coven sair ao ar, a maioria dos fãs já haviam percebido a mensagem.

 

connie-britton-AHS    25. Connie Britton a protagonista de Murder House quis muito ser uma bruxa em Coven, porém seu contrato com a série Nashville a impediu de fazer uma participação na 3° temporada.

 

vlcsnap-2014-11-25-01h36m43s157-640x360

  1. Palhaços da vida real que ganham dinheiro com suas apresentações, disseram que Twisty contribui para o medo de palhaços que muitas pessoas têm, e não apoiaram a aparição do personagem na série. Inspirado em fatos reais, onde Gacy um serial killer norte-americano matou pelo menos 29 garotos vestido com o figurino e pintura facial de palhaço. Querido pelas crianças da cidade de Illinois, ele foi apelidado de “Palhaço Assassino” quando corpos foram encontrados em seu porão. Gacy foi morto em 1994, executado por injeção letal.

 

1024.Monsters.ahs.mh.102212

  1. O homem de Borracha é Tate Langdon, fato revelado no episódio 8, “Rubber Man”. O que motivou todas as atitudes de Tate dentro da casa usando a fantasia foi o fato de ele querer ajudar o espírito de Nora Montgomery a encontrar paz, dando a ela um bebê. A roupa de borracha veio do casal que morava na casa naquela época (2010), Chad (Zachary Quinto) e Patrick (Ted Sears). Porém, os dois enfrentavam uma crise no relacionamento e estavam à beira de uma separação, descartando a possibilidade de adotar uma criança, tornando-se dispensáveis para o plano de Tate. Neste ponto foi quando ele montou uma cena de crime com a ajuda de Moira para parecer que o casal havia cometido suicídio. A razão pela qual ele estuprou Vivien Harmon (Connie Britton) um ano depois foi a mesma, e por conta de sua tremenda força de vontade, ele conseguiu o impossível: fecundou o útero da atual dona da casa. Como o material da roupa de Rubber Man era muito apertada, Evan Peters precisou de lubrificante para vestir seu traje e ainda teve que dividir a roupa com seus dubles. Será que pelo menos lavavam antes de usá-la? Hahahaha

 

vlcsnap-2016-02-10-15h36m02s268

  1. O morador do porão da casa é Thaddeus Montgomery (Ben Woolf), uma criatura feita do corpo original do filho de Charles (Matt Ross) e Nora Montgomery, que após ter sido esquartejado, foi costurado de volta e ressuscitado pelo próprio pai, um médico que fazia experiências bizarras. Ele é o primeiro personagem de American Horror Story inspirado pelo conto de Frankenstein. Thaddeus não é um fantasma, apesar de se afastar ao ouvir a frase “vá embora”. Ryan Murphy disse que ele está vivo e se alimenta de pequenos insetos no porão e do sangue daqueles que o incomodam. Sim, isso mesmo, sangue! Ryan ainda chegou a dizer que a infame criatura é metade Frankenstein e metade Drácula, pois também tem sede de sangue –o que hoje reforça a teoria de que o doutor Montgomery usou o sangue da Condessa (Lady Gaga) ou de Bartholomew no próprio filho para o trazer de volta à vida.

 

anigif-1     29. Constance certa vez disse que tem quatro filhos, mas nós só vimos três. Onde está o quarto filho? Originalmente, a primeira temporada contaria com a presença de um personagem albino, descrito como “um belo homem albino entre seus 20 e 30 anos”. O personagem seria recorrente. Ryan Murphy, criador da série, confirmou que no primeiro episódio, “Pilot”, havia um rapaz Langdon albino que foi cortado da trama. Não há nenhuma informação sobre o personagem, o nome, se era um fantasma ou não, nada! Apesar de a cena nunca ter sido liberada para os fãs, uma pessoa recentemente divulgou alguns quadros da cena no Tumblr, onde o personagem (interpretado pelo modelo Stephen Thompson) assusta Tate (Evan Peters) num cômodo da casa.

 

505_frances_640

  1. A maneira como Moira morreu está relacionada diretamente à atriz Frances Conroy, que realmente tem a íris de um de seus olhos descolorida. Alguns anos atrás, Frances sofreu um acidente de carro e precisou fazer uma cirurgia no olho. Ela mencionou este problema antes da temporada começar e os escritores decidiram alterar parte da trama para que ela não precisasse usar lentes de contato. Por isso Constance deu um tiro no olho de Moira.

 

vlcsnap-2016-02-10-12h49m09s271

  1. Mesmo após mortos, os espíritos podem encontrar razões para não ficarem presos num ciclo infinito de dor e tristeza, eles podem encontrar um propósito e até mesmo se libertarem. Moira queria que seu corpo fosse desenterrado e que chegasse ao conhecimento de alguém que informasse a polícia, para que assim Constance fosse parar atrás das grades por causa dos assassinatos que cometeu. Por isso a empregada drogou o café de Ben e o colocou em cima de sua cova por duas vezes no episódio 3, “Murder House”.

 

vlcsnap-2016-02-10-12h27m58s711

  1. Como é brevemente explicado por Hayden (Kate Mara) no episódio 8, “Rubber Man”, a casa tem um poder desconhecido, que permite que os espíritos possam tomar controle sobre suas aparições, se irão tornar-se visíveis ou não. E isso inclui as aparências dos mesmos, dependendo da situação. A própria Hayden, por exemplo, por vezes carrega hematomas relacionados à forma como ela foi assassinada, mas também quando houve a necessidade de se passar por uma pessoa viva, como no episódio 9, “Spooky Little Girl”, Hayden está com uma aparência normal. Alguns espíritos que não tem conhecimento de que estão mortos também carregam as marcas de como morreram, como Nora Montgomery (Lily Rabe), que após ter conhecimento de que está morta, não carrega mais o ferimento da saída da bala em sua cabeça.

 

1054340.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx

  1. O assassinato das Enfermeiras, Murder House no segundo episódio da primeira temporada, um flashback conta a história de uma invasão e assassinatos ocorridos em 1968. O fato é uma referência ao serial killer Richard Speck, que invadiu uma casa em Chicago em 1966 e assassinou várias jovens estudantes de enfermagem.

 

1df53c40c97f2293acb4f8d66192f295

  1. Asylum na segunda temporada, a personagem de Sarah Paulson (a jornalista Lana Winters) se interna por vontade própria no Sanatório de Briarcliff, a fim de expor os terrores do lugar. A história se baseia na experiência real da jornalista Nellie Bly, que se internou no Women’s Lunatic Asylum, na ilha de Blackwell, em 1887, para divulgar os horrores cometidos contra as mulheres no local.

 

3878230.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx    35. A jovem Grace alega estar presa injustamente pelo assassinato dos pais. O seu caso, porém, relembra outro bastante conhecido: Grace teria assassinado os pais com um machado, assim como a notória Lizzie Borden, no séc. XIX.

 

1535160.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx

  1. O personagem Arden, cuja identidade verdadeira posteriormente se descobre ser do alemão Hans Gruper, é inspirado no agente alemão da SS Josef Mengele, que trabalhou como psiquiatra no campo de concentração de Auschwitz durante a Segunda Guerra Mundial, ele conduziu diversas experiências mortais e perigosas nos prisioneiros.

 

1042760.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx

  1. Oliver Thredson, o personagem de Zachary Quinto nada mais é que simplesmente um psicótico serial killer que usa pele e ossos de suas vítimas para… decorar a sua casa. Por mais surreal que pareça, a história é inspirada no assassino e ladrão de catacumbas Ed Gení. Quando foi apreendido em 1957, na sua casa foram encontrados vários objetos feitos com os restos de suas vítimas, como um abajur, vasilhas, entre outras coisas.

 

AMERICAN HORROR STORY: COVEN Bitchcraft - Episode 301 (Airs Wednesday, October 9, 10:00 PM e/p) --Pictured: Kathy Bates as Madame LaLaurie -- CR. Michele K. Short/FX

  1. Madame Delphine LaLaurie, uma personagem tão racista e sádica parece ser demais para ter existido alguém assim na vida real. Porém, existiu. A verdadeira Marie Delphine LaLaurie era uma socialite de Nova Orleans, nascida em 1775 e obcecada por aparência e status. Ela mantinha vários escravos presos em seu sótão na Mansão de Royal Street, e os torturava. Seu segredo foi desvendado quando os bombeiros atenderam a uma chamada de emergência, e as suas vítimas foram encontradas.

 

4113140.png-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx

  1. American Morbidity Museum, O Museu da Morbidez, onde Stanley e Maggie tentam vender suas imorais ‘curiosidades humanas’ é inspirado no The Mutter Museum, na Filadélfia. O lugar apresenta uma permanente exibição que envolve de corpos mumificados a partes do cérebro e corpos de pessoas famosas, incluindo o próprio Albert Einstein.

 

4922010.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx

  1. Edward Mordrake vivido por Wes Bentley, Mordrake se apresentava no show de horrores por ter um rosto ‘extra’ que nasceu na parte de trás de sua cabeça, e o levou ao suicídio e se tornou um espírito vingativo. O Mordrake da vida real é bem parecido; ele de fato nasceu com uma face a mais, que apesar de não falar ou comer, muitos alegavam ter visto sorrindo. Mordrake era atormentado por ela, e jamais foi capaz de convencer algum médico a retirá-la. Isso acabou o levando ao suicídio, aos 23 anos de idade.

 

4864500.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx

  1. Elizabeth a Condessa é a dona do Hotel Cortez, com ávido apetite sexual que sobrevive através de sangue humano. A inspiração veio de Elizabeth Bathory, condessa húngara dos séculos 16 e 17 que matou centenas de jovens garotas durante seu reinado, e conta a lenda que ela se banhava no sangue das garotas para manter sua aparência jovem.

 

 2988150.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx

  1. Jeffrey Dahmer, personagem de Seth Gabel é inspirado no notório serial killer de mesmo nome. Entre 1978 e 1991, Dahmer matou 17 rapazes em Winscosin, cometendo estupros e desmembrando partes de seus corpos. À medida que evoluía, seus crimes começaram a envolver necrofilia e canibalismo. O que assustava é que sua boa aparência encantava várias mulheres, que se apaixonavam por ele e mandavam cartas de amor mesmo depois de sua condenação.

 

vlcsnap-2016-04-09-20h59m09s187-768x431

  1. As criaturas do bosque são resultados dos terríveis experimentos de Dr. Arden nos pacientes menos sortudos de Briarcliff. Eles não são zumbis e nem mutantes, mas de fato, passaram por tratamentos pesados para resistir a radiação e alterações genéticas. Num flashback mostrado no episódio 6, “Origins of Monstrosity” Arden disse que seu propósito com as criaturas era criar seres humanos geneticamente resistentes a ataques nucleares, quaisquer outras alterações no código genético e vários outros efeitos, chegando a formar uma espécie de soro com variáveis de sífilis e tuberculose.

 

58d

  1. Aileen Wuornos é mais conhecida fora dos Estados Unidos como a protagonista do filme “Monster“, no qual é encarnada pela atriz Charlize Theron (papel que lhe rendeu um Oscar). Porém, a serial killer é real, com um histórico de assassinatos de homens entre 1989 e 1990. Aileen alegou que suas vítimas haviam a estuprado ou tentado quando ela trabalhava como prostituta. Apesar de declarar autodefesa, ela foi condenada à morte e executada em 2002. Interpretada por Lily Rabe em dois episódios de “Hotel”.

 

marie-laveau-ep9

  1. LalaurieMarie Laveau foram contemporâneas, embora não haja relatos de rivalidade entre as duas. O fato é que a personagem de Angela Bassett também é baseada em uma pessoa existente. Laveau foi uma famosa praticante da religião vodu de Nova Orleans. Não há grande documentação sobre suas atividades ligadas ao ocultismo, paralelas ao trabalho como cabeleireira. Apesar disso, as histórias folclóricas sobre Marie Laveau são tão fortes que pessoas afirmaram tê-la visto após sua morte em 1981. Essas supostas aparições sobrenaturais lhe garantem uma menção na nossa lista.

 

 

 

 

 

 

 

.